Seguidores

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Dr. PAULO NIEMEYER - Neuro-Endocrinologia

Já tinha lido algumas entrevistas com o Dr. Paulo Niemeyer, mas hoje resolvi colocar AQUI esta, em vídeo, feita por Marília Gabriela. Achei-a mais completa e, portanto, mais elucidativa.

Deixo AQUI, também, uma entrevista que deu, postada no blogue do Hospital Geral de Fortaleza, cuja parte final merece uma reflexão nossa sobre o que possa estar para além do conhecimento e da capacidade de cada um de nós, e que - quanto a mim - constitui um mistério dificilmente comprovável, ou de origem identificável. Daí eu chamar-lhe um mistério.

Maria Letra

UM TEMA QUE, PELOS VISTOS, INTERESSA A MUITAS PESSOAS: A "MACONHA"

A propósito dum post que vi hoje partilhado NO FACEBOOK, por uma amiga de longa data, eu decidi deixar-vos aqui algo sobre a eventual cura de Cancer pela "MACONHA" e, AQUI, algo que contradiz a sua ação "benéfica" e que faz-me acreditar na possibilidade de que "poderemos não morrer da doença, mas poderemos, eventualmente, morrer da cura". Mas... será que não haverá outras alternativas de cura? Leia-se o meu post anterior a este, AQUI.

Esta informação, deixada pela minha amiga, que estimo muito, menciona ainda um blogue de nome bastante sugestivo, que poderão consultar AQUI. O meu interesse é dar "ovos" para que possam, EVENTUALMENTE, fazer "omoletes". Só espero é que os ovos sejam de boa procedência... Estar informado é sempre uma mais valia para uma boa escolha do que mais nos convirá para manter a Saúde.

Maria Letra

terça-feira, 27 de novembro de 2012

ANONA, UM FRUTO PODEROSO CONTRA O CANCRO??


Hoje trago-Vos AQUI uma informação, aparentemente surpreendente, sobre um fruto do qual muitas pessoas não terão nunca ouvido falar: A ANONA, cuja árvore é a Graviola (Guyabano). Se é verdade o que acabei de ler, só é pena que seja, normalmente, difícil encontrá-lo e que o seu preço não seja acessível a todas as 'bolsas'....
Deixo-vos a analisar as propriedades deste fruto que dizem ser maravilhoso na cura de cancer.

Informação adicional encontrarão AQUI.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

O MEL E AS SUAS PROPRIEDADES


 Alguma Propriedades do Mel 
(Partilhado da poetisa Ana Martins)

Ao contrário do açúcar refinado, utilizado como adoçante mas que facilita o acumular de gorduras, o mel ajuda a eliminar as toxinas favorecendo a digestão. Além disso:


- É um óptimo vigorante para pessoas cansadas e nervosas.
- É bom na prevenção e combate de gripes e constipações.
- O efeito expectorante combatendo a tosse, inclusive a de indivíduos fumadores.
- É bactericida, anti-séptico, anti-reumático, vasodilatador, diurético e digestivo, ajudando no tratamento de gastrites.
- Na sua utilização externa, o mel acelera a cicatrização da pele em feridas e queimaduras leves.
- O mel aumenta o nível de antioxidantes no sangue.
- É um óptimo hidratante, servindo para limpar e nutrir a pele.
- É óptimo na revitalização do cabelo, mantendo-o sadio.
- Mastigar o favo de mel é excelente para o tratamento da sinusite e rinite.
- O mel é recomendado nos casos de incontinência urinária nocturna das crianças.
- A ingestão de mel é recomendada com sucesso para cãibras.
- É um óptimo tonificante (tonifica e rejuvenesce a pele e os músculos, anti-espasmódico, sedativo, etc.).

Foto partilhada da net.
Partilha original de: https://www.facebook.com/caminhosdofuturo

domingo, 18 de novembro de 2012

DIETA "GERSON"

Hoje trago-vos, DAQUI, um vídeo muito importante, com tradução para Português. Comprei o livro e estou a tentar seguir, parcialmente, os conselhos nele dados. Muita coisa acho ser difícil de executar, mas se respeitarmos o mais importante, quem sabe poderemos evitar doenças graves, uma das quais está a assustar-nos tanto: O Cancro!


Se quiserem adquirir o livro em Português, sugiro peçam informações AQUI e se tiverem interesse em conhecer melhor a dieta, LEIAM ESTA PÁGINA, do mesmo site.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

QUANDO SE TEM UMA MÃE DE 96 ANOS E, AINDA POR CIMA, “ATREVIDA”




Eu neste momento gostava de ter capacidade para dar a este texto um jeito de tal forma que pudesse ser lido com o realismo que merece.  Irei tentar:

Como alguns amigos sabem, minha Mãe, que completará 96 anos no próximo dia 6 de Dezembro, caíu e partiu o fémur  há, sensivelmente, dois meses e meio .  Foi operada e, apesar da idade,  o quadro clínico dela tem sido surpreendente, porque o resultado dos exames a que tem sido submetida, antes e depois da operação, é sempre magnífico. Obviamente, teve de 'alojar' no femur alguns parafusos...

A recuperação física, depois da operação, embora lenta, está a ser muito boa, porque segue uma evolução positiva, contínua. Minha Mãe já se movimenta pela casa, dum lado para o outro, razoavelmente bem, mas há coisas que não poderá, nem deverá, fazer. Mas ela faz. É aquilo a que podemos chamar uma  “senhora muito atrevida”. Atira-se de cabeça às coisas com uma audácia que causa aos outros uma preocupação muito grande, constante.

Minha Mãe vive com minha irmã em Portugal e é ela quem está a suportar a dura tarefa, sobretudo neste momento, de tomar conta dela, o que – digamos em abono da verdade – compreenderão…, não é nada fácil porque existe um factor desestabilizador, i.e., um teimoso “atrevimento” a dar cabo da ordem natural a dar ao dia-a-dia duma senhora nas condições dela. A sua ânsia de viver, de movimentar-se, saír como sempre fez - e agora não pode - conduz a uma situação delicada no que se refere à pessoa que está a cuidar dela. É que ela não pode, nem deveria, fazer certas coisas, mas com ela nunca se sabe o que será que vem a seguir. Tanto para dar um exemplo, minha irmã, habituada que estava às suas saídas diárias, à tarde, independentemente de qualquer tempo que fizesse fora de casa, por vezes insistia com ela para não saír e a minha Mãe, sorrateiramente, abria a porta da rua e “ala morena que se faz tarde”. Partia sem dar cavaco. E isto porquê? Porque ela quer continuar a viver segundo um padrão a que se habituou ao longo dos anos, após a morte de meu Pai: o de ser livre e auto-suficiente.

A cama onde minha Mãe passou a dormir, depois da factura do fémur, tem grades e é muito alta. Ela tem de ser erguida por alguém para que possa deitar-se ou saír dela. Ora, estava eu ao telefone com a minha irmã, há cerca de uma hora, e minha Mãe levantou-se do sofá onde estava, ao lado da minha irmã, porque teve necessidade de ir ao quarto de banho. Estranhando o facto dela estar a demorar a voltar para a sala, minha irmã disse-me para esperar um momento que iria ver se ela estava bem. Qual não é o seu espanto (e o meu!), quando viu que minha mãe já se tinha deitado sozinha. Ficou aflitíssima e perguntou-lhe: 

- Oh Mãe, como é que conseguiste ir para cima da cama?
- Então, facilmente: pus a cadeira junto da cama, pus-lhe um pé em cima, trepei para cima da cama e  deitei-me.

Ora agora digam-me lá se alguém pode sossegar com uma Mãe atrevida? 

Maria Letra

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

AS VANTAGENS DO USO DE GENGIBRE


Hoje gostaria de referir aqui um blog muito interessante, que li, casualmente, e no qual são referidas as vantagens do uso do chá de gengibre.
Eu sempre usei este chá quando tinha uma indisposição de estômago e nunca para qualquer outra situação. Amigas minhas, aqui no Reino Unido, usavam-no (e outras continuam usando-o) enquanto grávidas, para travar o enjoo.
Espero este meu post possa ajudar alguém que sofra das perturbações mencionadas no blogue a que fiz alusão e sentir-me-ei feliz por ter contribuído com isso para o seu desejado bem-estar.

Maria Letra

domingo, 11 de novembro de 2012

REPOSIÇÃO DE CABELO - ATÉ QUE PONTO PODEMOS ACREDITAR?

Deixo aqui este vídeo não só para ser observado por quem ainda o não viu mas, também, porque gostaria de receber o comentário de alguém que tenha usado o dispositivo nele apresentado, com resultado seguro.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

FIBROMIALGIA


Fibromyalgia is a chronic condition causing fatigue as well as pain, stiffness, and tenderness of the muscles, tendons, and joints. It affects millions of Americans.

Porque há muitas pessoas a sofrer duma doença à qual nem sempre é dada a atenção que merece, decidi postar hoje algumas informações ligadas a este assunto. Clicando aqui, encontrarão toda uma séria de informações sobre esta doença, as quais reputo de muito interesse para quem, como eu, pouco sabia àcerca dos transtornos que possa causar.

Procurei curas naturais para esta doença sem grandes resultados tendo, contudo, apreciado uma alternativa que me pareceu interessante e que poderá, eventualmente, aliviar o sofrimento do paciente. Deixo-a aqui para ser vista por quem possa, eventualmente, ter a curiosidade de conhecê-la.

Maria Letra

terça-feira, 6 de novembro de 2012

O TEU CORPO E O EXERCÍCIO FÍSICO

 

Este vídeo clip é-me dirigido também. Todos os dias, quando me sento diante do meu computador, eu tenho consciência de que não deverei permanecer muitas horas na mesma posição, sentada e quase nunca na posição correcta. Eu tenho consciência de que deveria intercalar esse tempo com, pelo menos, uma boa caminhada de manhã e outra à tarde. Mas não faço isso. E porque não faço isso? Porque me entusiasmo com o que estou a escrever, esquecendo-me de mim própria. Estou a sentir que faço mal, cada vez mais mal. E esse é o motivo pela qual deixo hoje, na minha página, este vídeo. Não sigam o meu exemplo. Respondam ao vosso corpo praticando exercício físico e ele compersar-vo-á com BEM ESTAR físico e mental.

Maria Letra

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

ÀCERCA DESTE MEU BLOG

Quando iniciei este blog, tinha como objectivo postar apenas artigos sobre saúde e alimentação, porque muitas vezes escapa-nos uma ou outra informação útil à eventual solução de problemas que possamos ter e, assim fazendo, eu iria permitir a outras pessoas usufruirem, eventualmente, da leitura de informações que possam ter-lhes escapado nas suas buscas.

No decorrer do tempo, fui verificando que não estava 100% satisfeita com o rumo que estava a dar ao meu blog e, portanto, tomei a decisao de interromper a edição de novos posts até que encontrasse uma estrada mais do meu agrado.

A partir de hoje, embora continuando a respeitar a postagem de temas que julgue de muito interesse para a saúde, irei diversificá-los mais , inserindo alguns de carácter mais pessoal. A edição de novos textos não será diária, mas tentarei editar, pelo menos, dois ou três por semana.
Texto de: Maria Letra
Fotografia de Miguel Letra