Seguidores

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

AÇAI

Eu tomo, todos os dias, dois copos de Açaí, um sumo muitíssimo agradável e com o qual me sinto muito bem. Por esse motivo, procurei um site que me desse uma boa informação sôbre este fruto, afim de melhor elucidar quem possa estar interessado em tomá-lo, também. Eu já conhecia as suas vantagens, pois havia-me sido aconselhado por alguém em quem confio, sem a menor reserva. Isto não impede, no entanto, que haja reações diferentes. Nem todos reagimos da mesma forma aos alimentos. 
Aconselho-o, vivamente, a quem estiver interessado em inclui-lo na sua alimentação. Contudo, será prudente comprarem, apenas, em lojas de absoluta confiança, para que seja natural, sem corantes ou conservantes.



MITOS E VERDADES SOBRE O AÇAÍ
Por Maribel Gonçalves de Melos

O açaí é fruto do açaizeiro (Euterpe oleracea Martius), uma palmeira nativa do Pará, Amazonas, Maranhão e Amapá e que pode chegar a 35 metros de altura. Só após três anos de idade é que a árvore costuma dar frutos, o que é dificultado pela utilização precoce do caule para extração do palmito. A safra dos frutos ocorre de agosto a dezembro. A proporção comestível do fruto é pequena – de 6 a 19% do total.
Há uma crença popular de que o açaí é fonte de ferro, o que não corresponde à verdade, uma vez que em 100g de fruto encontram-se 1,5 mg de Ferro.
Este fruto é rico em gorduras do tipo polinsaturadas e moninsaturadas – consideradas saudáveis e protetoras. Dentre as gorduras monoinsaturadas destaca-se o ácido oléico – 45%  dos ácidos graxos do fruto. Para percebermos o quanto o fruto é uma excelente fonte de ácido oléico basta comparar com o azeite de oliva que contém 77%.

A grande vantagem desta fonte de gorduras saudáveis é a presença de ótimos níveis de antioxidantes que protegem as gorduras. Bom exemplo disto é a vitamina E - 45 mg/100g de fruto seco. As gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas costumam oxidar facilmente, mas a vitamina E evita esta oxidação e rancificação.

O açaí oferece ainda potentes antioxidantes como as antocianidinas – provenientes dos alimentos de cor roxa. As antocianidinas conferem ao açaí a categoria de alimento funcional por possuírem a capacidade de captar radicais livres, atuando na prevenção de doenças cardiovasculares e circulatórias.
Por sua capacidade de proteção às membranas das células e por impedir que estas sejam agredidas por agentes oxidantes, as antocianidinas têm sido alvo de estudo frente a bactéria Helicobacter pylori, diabates mellitus, doença de Alzheimer e lesões renais.
No sul do país é mais fácil encontrar a polpa congelada do açaí, para o preparo do açaí na tigela onde se agregam ingredientes como banana, xarope de guaraná e granola, que ajudam a conferir um sabor mais doce à fruta. A polpa congelada quando bem armazenada, mantém suas características nutricionais e funcionais (Kuskoski ET al, 2006).
Pelo fato de possuir alto teor de gorduras, o açaí oferece valor nutricional elevado, principalmente se forem agregados ingredientes como xarope (à base de açúcar) e granola. Se acrescentar apenas água ou suco de frutas, para ficar mais palatável, o valor calórico não é muito maior que o de outras frutas.

Composição nutricional
Energia – 66 cal
Proteínas – 1,3 g
Lipídios – 4,8 g
Carboidratos – 1,5 g
Cálcio – 286 mg
Ferro – 1,5 mg
Fósforo – 124 mg
Zinco – 7 mg
Magnésio – 174 mg

Sugestões para saborear o açaí  
Suco de açaí (146 cal) 
100 g de polpa de açaí congelada
1 copo de suco de uva
2 cubos de gelo
Bater todos os ingredientes no liquidificador e beber em seguida. É uma opção para um lanche entre refeições ou para acompanhar uma refeição.
Smoothie (226 cal)
1 banana cortada em pedaços e congelada
100 g de polpa de açaí congelada
2 a 3 amoras congeladas ou polpa de amora
1 copo de suco de uva
2 cubos de gelo
Bater todos os ingredientes no liquidificador e beber em seguida. Boa opção para lanche após atividade física.
 
Açaí na tigela (360 cal)
1 banana cortada em pedaços e congelada
200 g de polpa de açaí congelada
1 copo de suco de uva ou água de coco ou xarope de guaraná (300 ml)
1 colher de sopa de granola
Bater os 3 primeiros ingredientes no liquidificador até formar uma pasta. Servir e polvilhar a granola por cima.  Pode ser usado como café da manhã ou para substituir uma refeição.

Maria Letra
Texto extraído do blog: 
http://www.igeduca.com.br/artigos/nao-morra-pela-boca/mitos-e-verdades-sobre-o-acai.html

Sem comentários: